Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Dia Mundial de luta contra a pobreza

Mäyjo, 17.10.18

5304128_JzyvM.jpeg

17 de Outubro é Dia Mundial de luta contra a pobreza.

É sempre difícil imaginarmos a grandeza dos níveis de pobreza no Mundo inteiro e, mais ainda, uma forma de ajudarmos a minorá-la.

Sendo missão da Oikos a erradicação da pobreza, neste dia associamo-nos a essa causa e propomos que faça neste dia um donativo de 1€. Sendo um valor pequeno, se todos contribuírem será significativo para milhares de pessoas a quem a Oikos leva a esperança de uma vida mais digna.

 
Vivemos, ainda hoje, num Mundo onde mais de mil milhões de pessoas (uma em cada sete) passam fome e 200 milhões sobrevivem sem emprego. No entanto, somos a primeira geração da história da humanidade com os meios para poder acabar com a pobreza e a desigualdade.


 
Temos os meios. Será que temos a vontade?

Vamos mostrar que não somos indiferentes e exigimos mudança… antes que seja tarde demais! 

erradicao_site.jpg

E ofereça o seu sorriso a alguém, como sinal de esperança num Mundo que todos queremos que seja melhor… é impagável a força de um sorriso.

 

Fonte das imagens:crebis-ebis.blogspot.com e caritas.pt

Convite para iniciativa inédita de democracia participativa

Mäyjo, 20.11.15
imagem

Numa altura de incertezas políticas quanto ao futuro do país, a Oikos lança uma iniciativa inédita de democracia participativa, através da rede social “Airesis”.

A Oikos criou seis Comunidades Virtuais de Prática (CoP), orientadas para a influência de políticas públicas que contribuam para a criação de uma Estratégia Integrada de Segurança Alimentar e Nutricional, em Portugal.

Esta plataforma é uma rede social aberta, especializada na promoção da democracia participativa (e-democracia), criada por programadores italianos, e adaptada pelo projeto Integrar para Alimentar para a realização das CoP e outras iniciativas de debate da sociedade civil portuguesa.

A Oikos convida então à participação de toda a população portuguesa a debater ideias e fazer propostas concretas participando numa ou mais das seis Comunidades: Acesso à Alimentação, Sistemas Alimentares Locais e Circuitos Curtos, Desperdício Alimentar, Nutrição e Saúde ao Longo do Ciclo de Vida, Qualidade, Normalização e Certificação dos Alimentos e Sustentabilidade dos Padrões de Produção e Consumo.

Para participar basta efetuar um registo simples, clicando nos links das CoP acima transcritos e no menu “Junte-se a nós” no canto superior direito. Depois de estar na Comunidade de Prática pretendida, só tem de pedir para fazer parte do grupo (ver imagem aqui) e esperar que seja aceite (no máximo poderá demorar 24h).

Após ser aceite no grupo poderá participar de várias formas: através de criação de propostas; fazercomentários às propostas existentes; participar no Fórum onde serão discutidos assuntos relacionados com o tema da CoP em questão.

Para saber mais sobre como participar nas Comunidades de Prática, aceda ao Tutorial.

Os resultados e propostas destas CoP serão apresentados numa Conferência de Alto Nível a realizar na segunda quinzena de Janeiro de 2016, e para a qual serão convidados os principais decisores políticos das seguintes áreas sectoriais: Agricultura, Ambiente, Educação, Saúde, Economia e Segurança Social.

O convite à participação nas CoP é, por maioria de razão, extensível aos deputados da Assembleia da República, mas contará com a participação de um vasto leque de atores, cidadão empenhados, académicos, agricultores, colaboradores e voluntários de ONGs e IPSS, empresas, funcionários púbicos.


Ficamos a aguardar a sua participação!


Esta iniciativa ocorre no âmbito do projeto "Integrar para Alimentar", uma iniciativa da Oikos – Cooperação e Desenvolvimento, em parceria com a Direção Geral de Saúde e o Instituto Superior de Agronomia (Universidade de Lisboa), financiado pelo Programa Cidadania Ativa, da Fundação Calouste Gulbenkian, no âmbito do Mecanismo EEA Grants.